O ator amazonense Malvino Salvador está numa lista de atores que passaram pela Globo recentemente e que entraram na mira da Receita Federal. De acordo com o UOL, ele foram notificados por serem contratos PJ e estarem devendo impostos.

“Se a cobrança retroativa pode ser superior aos ganhos do próprio ator, ele teria (e terá) que pagar para trabalhar, e isso não parece fazer o menor sentido tributário”, afirmou o advogado tributário Leonardo Antonelli, que defende os 43 artistas da Globo.

Imposta de Renda como pessoa física, de 27,5%, mais uma multa de até 150% sem cima do valor e mais juros Selic. Entre os nomes dos envolvidos no caso, estão Deborah Secco, Malvino Salvador, Maria Fernanda Cândido e Reynaldo Giannechini.