Com o objetivo despistar a polícia, Andrew dos Santos de Souza, conhecido como ‘pipoca’, de 25 anos, foi assassinado e um recado foi deixado em cima do corpo, associando sua morte com o homicídio de Lohanny Remijo, de 8 anos. Ambos crimes ocorreram no último domingo (14).

Durante coletiva para falar sobre a prisão de Jordan dos Santos Vaz, de 21 anos; Emerson Leão Gonçalez, de 24 e Wilhames Felipe Teixeira de Souza, a Delegacia de Homicídios afirmou que investigações apontam que os suspeitos moravam na mesma rua que Andrew, e que a morte pode ter ocorrido para atrapalhar o inquérito policial e tirar o direcionamento do trio.

“Pode ter sido uma cortina de fumaça para acusar uma terceira pessoa a esse crime”, afirmou o delegado Charles Araújo, garantindo, que há mínima possibilidade da participação de Andrew na morte da criança até o momento, já que testemunhas já fizeram acareação dos suspeitos e garantiram que apenas os três presos estavam no ato criminoso.

Morte de pipoca

Segundo informações, a vítima estava na rua da casa onde morava, quando foi surpreendido por atiradores, que após descarregarem a arma em Andrew, deixaram dois bilhetes: ‘Morreu por matar criança’ e ‘morreu por causa de criança de 8 anos’.