Em continuidade à programação do “Natal do Abraço”, da Prefeitura de Manaus, mais uma grande árvore foi entregue à população da capital. Nesta terça-feira (8) foi a vez do complexo turístico da Ponta Negra, na zona Oeste, receber as cores e o brilho da campanha natalina. De autoria do artista plástico parintinense Juarez Lima, a árvore é a maior desta edição, com 35 metros de altura e 15 metros de largura em sua base e foi acesa às 18h.

O projeto, batizado como “Árvore da Paz e da Felicidade”, traz a cor branca como predominante em sua estrutura. Segundo Juarez Lima, o ornato busca propagar a mensagem de fé e do perdão, sentimentos que precisam ser florescidos durante esta época do ano.

“Será um Natal que nós não iremos nos abraçar como antes, mas será um abraço espiritual, um abraço da grande esperança em dias melhores que virá para todos nós. E a prefeitura, abraçando a causa da Arte, permitiu que nós realizássemos esse projeto, da Árvore branca, que simboliza a árvore de Deus, a árvore da vida, pois toda árvore que tem uma raiz forte, tem uma fé forte. A Ponta Negra se tornará a Ponta de Luz, da esperança, da capacidade de nos tornarmos pessoas melhores a partir do nascimento de Jesus Cristo”, disse Juarez.

Obras natalinas espalhadas por Manaus

Em frente à árvore, na sua base, também foi instalado a imagem de um presépio, que traz a representação do nascimento de Jesus Cristo. Com referências visuais à Amazônia, o presépio traz em seu conceito a ideia de que Jesus nasce e está presente em todos os lugares, todos os continentes e sempre abraça a todos.

Assim como em anos anteriores, Juarez Lima também é o responsável por outras árvores do “Natal do Abraço”. Em 2020, além da árvore da Ponta Negra, os projetos da Bola do Produtor, na zona Leste, e da Praça da Matriz, no centro, também são de sua autoria. A artista Rosa dos Anjos ficou responsável pela árvore da Max Teixeira, na zona Norte.