Mesmo com toda orientação já dada pelo Ministério da Saúde, de que deve ser mantido o distanciamento de pelo menos 1 metro de um indivíduo para outro, com o intuito de evitar a disseminação do novo coronavírus, as agências bancárias de Manaus não estão cumprindo essa medida de segurança.

Foi o que se viu hoje (22/2) em pelo menos três agências do Centro de Manaus, duas localizadas na avenida Eduardo Ribeiro e outra na rua Barroso.

Com a reabertura do comércio geral nesta segunda-feira (22), muitos que foram ao centro fazer compras, aproveitaram para resolver pendências em bancos, o que acabou causando uma aglomeração de pessoas nas portas das agências.

Enfileirados nas calçadas e com a restrição de entrada de uma pessoa por vez as pessoas se ‘amontoaram’ perto umas das outras.

O que não é mais correto, no momento em que o estado vive a fase vermelha, onde a queda no número de internação e casos confirmados é menor, mas a taxa de transmissão é altíssima.