​O agente de portaria Jonas Barbosa Teixeira, que tinha 31 anos, foi morto a pauladas, após um amigo dele acusá-lo de furtos de telhas na comunidade do Abelha, Residencial Jardim Europa, bairro Ponta Negra, zona oeste. Conforme o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na segunda-feira (21/12), às 16h29, a mãe de Jonas compareceu na unidade para registrar a morte do filho.

De acordo com o delegado Guilherme Antoniazzi, da polícia civil, após um boato, de que um furto teria sido cometido pelo agente de portaria, supostamente iniciado por um amigo da vítima, um grupo de homens invadiu a casa de Jonas.

“Foi através de um pedaço de madeira que veio a óbito, agora é fazer exame de necropsia, já iniciamos as diligências lá no local para colher as provas e colher testemunhas”, explicou o delegado.

Ainda segundo a polícia, a vítima morava em um casebre, e abrigou algumas pessoas em sua casa e possivelmente teria se desentendido. O corpo foi trazido à Manaus na tarde desta segunda-feira (21). O caso será investigado pela polícia civil, para identificar o autor do crime e motivação.