Juciane e Jucileia Jakiminutt, foram presas na noite de domingo (13), suspeitas de ter tramado e encomendado a morte da técnica de enfermagem Sandra Mara, de 34 anos, no dia 16 de fevereiro deste ano. A motivação seria porque Jucileia, seria amante do marido da profissional de saúde, e não aceitava que o homem permanecesse com a esposa.

Na ocasião, Sandra estava chegando em sua residência, localizada no Conjunto Industriário II, quando foi baleada 8 vezes pelo corpo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência prestou os primeiros socorros e a vítima foi levada para um hospital, onde sobreviveu após procedimentos cirúrgicos.

De acordo com o delegado Márcio André, após o crime, as investigações tiveram início e foi constatado que Sandra já estava sendo ameaçada pelas irmãs, mas que não denunciou por acreditar que não aconteceria nada. Foi identificado que na noite do crime, as irmãs estavam na rua, e que inclusive, Juciane, a irmã da amante, seria quem estaria dirigindo o veículo.

A prisão preventiva foi decretada e as irmãs baixar ainda hoje para um presídio.