O Amazonas é um dos sete estados brasileiros que conseguiram alcançar a meta projetada pelo Ministério da Educação (MEC) para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019, nos Anos Finais do Ensino Fundamental.

Os números foram divulgados nesta terça-feira (15), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

No ranking geral, que considera os resultados das redes privada, estadual e municipal para os anos finais do Ensino Fundamental, o Amazonas está ao lado de outros seis estados: Alagoas, Pernambuco, Piauí, Paraná, Goiás e Ceará. Nessa modalidade, os amazonenses alcançaram 4,6 pontos, enquanto a meta estipulada era de 4,5.

Ensino Médio

A rede pública estadual também interrompeu a queda nos índices do Ensino Médio, alcançando 3,5 pontos. Em 2015, o Amazonas alcançou 3,5 pontos, caindo para 3,3 na avaliação seguinte.

Para o governador do Amazonas, Wilson Lima, os resultados do Ensino Médio colocam a rede estadual de ensino novamente em sua melhor posição já registrada durante todo o período de avaliação.

Desde 2005, somente em 2015 a Secretaria de Educação alcançou os 3,5 pontos. “A gente está trabalhando para que nós possamos manter esses números favoráveis no Ideb, e consequentemente quem ganha é a população”, ressaltou o governador.