O Amazonas foi destaque no Pátria Voluntária 2020. O estado ficou na sétima colocação no ranking do programa, que é vinculado ao Ministério da Cidadania e visa fomentar a prática do voluntariado por meio de iniciativas que estimulem o engajamento dos setores público e privado e de organizações da sociedade civil (OSC) neste contexto.

O anúncio do ranking ocorreu nesta semana, durante evento no Palácio do Planalto, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro; da presidente do Conselho do Pátria Voluntária, a primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro; e da primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima, que representou o estado na ocasião.

O ranking é baseado nas horas de atividades desenvolvidas por voluntários. Foram estimadas ações executadas no período de 05 de dezembro do ano passado até o fim de janeiro de 2020. No caso do Amazonas, o estado concorreu com a contabilização de atendimentos de apoio desenvolvidos pela Associação dos Deficientes Visuais do Amazonas (ADVAM); Jovens com uma missão – Monte Salém; Associação Beneficente o Pequeno Nazareno; Associação de Apoio e Resgate (AMAR); Sociedade São Vicente de Paula – Casa do Idoso.

Todas essas entidades contam com fomento do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) e foram indicadas pelo Fundo para concorrer ao ranking. As ações desenvolvidas pelas instituições  constam em um perfil público e podem ser acessadas realizando a busca pelo nome da OSC no site: www.patriavoluntaria.org.

A primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima, destacou a importância da cultura do voluntariado. “O meu desejo é que a cultura do voluntariado cresça ainda mais no Amazonas. Doar um pouco do seu tempo é um ato de amor e existem muitas pessoas em situação de vulnerabilidade social que precisam ser amadas e necessitam de atenção”, disse.

A secretária executiva do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, Kathelen Santos, também esteve no evento e ressalta o trabalho do FPS. “O FPS sempre esteve presente nas ações sociais do estado do Amazonas e este programa Pátria Amada veio para somar ainda mais com o que já realizamos em parceria com as Osc’s. O Amazonas está empenhado para que esta cultura do voluntariado cresça e com isto, temos muitas associações e parceiros que poderão receber pessoas para fomentar o engajamento e o alcance de ações em prol dos mais vulneráveis”.

“Amigos do Pátria Voluntária” – Durante o evento, foram homenageadas as primeiras-damas que se destacaram no apoio ao projeto “Amigos do Pátria Voluntária”, mobilizando organizações da sociedade civil e fomentando o voluntariado em seus estados.

A primeira-dama do Amazonas foi uma das homenageadas, ao lado de  Gracinha Caiado, de Goiás; Mayara Rocha, do Distrito Federal; e Luciana Saito Massa, do Paraná. “Esse prêmio Amigos do Pátria Voluntária é dedicado a todos os amazonenses que doaram seu amor ao próximo durante o ano de 2020. Estou muito feliz e agradecida, pois juntos conseguiremos alcançar muitas pessoas. Bora fazer o bem?!”.