O mapeamento dos votos divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostra que, das 13 zonas eleitorais do Amazonas, Amazonino Mendes venceu em 9 contra 4 de David Almeida. Os dois candidatos que disputam o segundo turno das eleições de Manaus partem para o confronto mapeando a cidade e tentando identificar os pontos fortes e fracos de suas campanhas. Com a diferença pequena de votos, ambos contam eleitor por eleitor para ver quem colocará as mãos nas chaves da cidade.

O ex-governador teve 234.088 votos, o que representa 23,91% do total; já o  ex-deputado somou 218.929 votos, o equivalente a 22,36%. “Minha preocupação é resolver os problemas do povo. Vai ser preciso muita experiência para comandar as ações em 2021, porque passamos por um momento muito delicado”, ressalta o Negão em suas entrevistas, caminhadas e conversas com os apoiadores e eleitores pelas redes sociais.

Amazonino se deu bem  na 70ª zona eleitoral, na qual ele obteve 26,49% dos votos, contra 21,05% de David. Ali votam os eleitores da Cidade de Deus e Novo Aleixo, zona Norte de Manaus, uma das mais populosas e mais problemáticas, com índices de violência e pouco transporte coletivo.

O veterano candidato do Podemos também se deu muito bem na 62ª zona, com 25,56% dos votos. A zona compreende bairros da Zona Oeste, como Bairro da Paz, Redenção, Planalto, Tarumã, além do Santa Etelvina, na Zona Norte.  O Negão não foi bem na 31ª zona eleitoral, com apenas 20,26% dos votos. Betânia, Crespo, Educandos, Morro da Liberdade e Santa Luzia são bairro onde vai precisar crescer para ganhar.

Já o atleta David Almeida correu bem na 31ª zona. Abocanhou 31,12% dos votos. David é cria do Morro da Liberdade, onde morou e montou seu comitê. O candidato das corridinhas na Ponta Negra se superou na 59ª zona eleitoral, onde ganhou 24,07% dos votos. Armando Mendes, Coroado e Zumbi dos Palmares votaram em David. Em contrapartida, o homem do Avante não foi bem na 2ª zona eleitoral, onde teve apenas 19,31% dos moradores dos bairros Aleixo, Flores e Parque 10. “O segundo turno será uma ótima oportunidade para debater e mostrar o que queremos para Manaus. Certamente teremos tempo para mostrar o que é preciso e possível fazer. Vamos melhorar a vida da população.”

MAIOR ZONA

David certamente gostou do que viu na 63ª Zona. A maior de todas, com 121.453 mil eleitores. Gilberto Mestrinho, São José e Tancredo Neves,  deram vitória ao candidato, que obteve, 23,84%, contra 22,82% de Amazonino. É disputa voto a voto.