A cantora gospel Ana Paula Valadão está dando o que falar neste fim de semana. Ela apresenta um programa para os fiéis da Igreja e disse que a AIDS é uma doença criada por causa dos Gays e veio como punição morta para eles. “A Bíblia chama de qualquer opção contrária ao que Deus determinou, de pecado. E o pecado tem uma consequência que é a morte. Taí a Aids para mostrar que a união sexual entre dois homens causa uma enfermidade que leva à morte e contamina as mulheres, enfim… Não é o ideal de Deus.”

As entidades dos direitos dos homossexuais ou os que defendem a causa estão prometendo processar a famosa religiosa por homofobia. “Muita gente acha que isso é normal. Isso não é normal. Deus criou o homem e a mulher e é assim que nós cremos. Qualquer outra opção sexual é uma escolha do livre arbítrio do ser humano. E qualquer escolha leva a consequências”, opinou.

Semana passada, o irmão dela, o também pastor André Valadão, disse que a Igreja não é lugar para gays. “Dois rapazes que são membros da igreja estão namorando. Expulsa eles ou deixa na igreja?. Podem ir para um clube gay, mas na igreja não dá”.