Anderson Silva teve seus dias de glória, mas definitivamente não soube a hora de parar. Foi nocauteado por Uriah Hall e ainda levou um “esfrega’ de Dana White, que diante da perfomace do brasileiro encerrou a noite dizendo que “dei a ele mais lutas do que eu deveria. Na verdade eu estou me sentindo mal. Não me sinto bem comigo mesmo pelas lutas que eu dei a ele. Anderson deveria ter se aposentado antes. Mas o cara é uma lenda do esporte e nessa empresa e era difícil para mim dizer “não” a ele. Mas agora temos um acordo. Não gostei de vê-lo lutando hoje. Fico triste ao ver o resultado.”

Dana White, que é o dono do negócio bilionário no qual se tranformou o UFC, não poupou nas palavras diante do que viu. “Se ele tivesse enfrentado qualquer um dos outros monstros, ele estaria em sérios problemas, apanharia muito de verdade. Uriah Hall é um dos caras menos agressivos do UFC. E Anderson mal conseguia se levantar para dar a entrevista. Teve que fazer a entrevista sentado. Eu cometi um grande erro ao deixá-lo lutar hoje. Eu sabia que estava certo, e isso ficou provado hoje. Ele não deveria lutar nunca mais.