A partir desta terça-feira (1º), apenados do regime semiaberto vão atuar na manutenção dos parques e praças administrados pelo Governo do Amazonas.

A parceria entre as secretarias de Cultura e Economia Criativa e de Administração Penitenciária (Seap), por meio do programa “Trabalhando a Liberdade”, viabilizará serviços de limpeza e conservação do Largo de São Sebastião, Parque Jefferson Péres, Praça Heliodoro Balbi e Praça Antonio Bittencourt, no Centro; e Parque Rio Negro, no São Raimundo.

Segundo o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, o programa, com a participação de 36 apenados do regime semiaberto, vai permitir uma economia de mais de 50% para a pasta. Cada um vai receber um salário mínimo e ainda, a oportunidade de reduzir a pena, de acordo com as horas trabalhadas.