O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou os ajustes em suas resoluções com as novas datas dos eventos eleitorais e votações das eleições municipais deste ano.

Devido à pandemia, o Congresso Nacional aprovou emenda constitucional adiando o pleito para 15 de novembro, em primeiro turno, e o segundo turno para 29 de novembro.

Além da data das votações, também foi adiado o período das convenções partidárias, que deverão ser realizadas de 31 de agosto a 16 de setembro. Já o prazo para o registro de candidaturas, que terminaria em 15 de agosto, foi transferido para 26 de setembro.

A propaganda eleitoral, inclusive na internet, será permitida a partir de 27 de setembro, após o fim do prazo de registro de candidatura.