Home Fala Sério FOLLOW THE MONEY

FOLLOW THE MONEY

5 min ler
0
0
1,728

O jornalismo americano consagrou a expressão Siga o Dinheiro, follow the money, para traduzir a melhor pista para acessar origem, posse e destinação de tanta bufunfa que se espalha pelos becos, ruelas e alcovas deste Brasil e deste Manaus que Santa Luzia me cegue. Não custa perguntar, se no Pé de Laranja Lima da Avenida Brasil, está nascendo dinheiro em saco pra tanta destinação reeleitoral.

SAINDO PELO LADRÃO

Com o salto produtivo, pecuniário e magistral do polo industrial de Manaus, o governo estadual virou um bacanal. Não pensem os maldosos que se trata de mistura entre minhoca e espaguete que costuma ser traduzida como suruba legal. Estamos comentando o espírito dos bacanas que tomou conta das duas sedes governamentais de tanta grana que vazou pelo ladrão. Por onde mesmo, meu irmão?

AVENIDA BRASIL

Numa só pernada, ou fornada, David virou Golias quando abiscoitou meio bilhão, recebido do colega e de suas lutas pela reeleição do outro lado da rua, de quina pra lua tratou de asfaltar, se preciso, até o encontro das águas e outras vias do Distrito para facilitar a passagem das carretas dos doadores, as empresas do polo industrial.

CADÊ A GRANA QUE DEIXEI AQUI?

E não basta ser jornalista do Washington Post para seguir a grana que derrubou, por impeachment, o presidente dos Estados Unidos. Aqui o crime Compensa e a Avenida Brasil unida acha que jamais será vencida. A grana é do FTI, uma obrigação imposta pelo Negão para obrigar as empresas a ajudar a reduzir a miséria do Beiradão. Fundo para Interiorização do Desenvolvimento. Mais de um bilhão que está transformando em bacana cada uma das instituições toda semana.

…O BACANA COMEU

E não é somente o fundo do Beiradão que virou lenha para tanto fogão. Na orla dos bacanas, onde  existem ou resistem de frente pro mar, tanta torcedor da reprise eleitoral, tem muita gente que traz o retrato da capital peruana na carteira magistral e o Pix do laranjal. Sai de baixo, ou sai de perto, pois vai ter muito din-din carnaval.

Ninguém merece

•             Depois de deixar o povo mais humilde debaixo de sol e chuva no Studio 5, no fim de semana, o prefeito Golias Almeida se reconciliou, alertando que foi por tanta sacanagem civil.

•             Ligou pro vizinho, falando fininho, pedindo o Centro de Convenções, com o ar condicionado até o tucupi, para mais uma convenção eleitoral, ops, de testagem imoral.

•             Seus amarra-cachorros não conseguiram superar a bajulação, lembrando que fazer campanha eleitoral  com testagem é besteira misturada com sacanagem. Mas aí já era tarde demais.

•             Enquanto isso, a dinheirama corre, e a esperança morre de tudo se ajeitar. O que não pode é deixar o vizinho sair preso, embriagado pelo vinho da empresa de respiração. Te cuida, Negão.

Carregue mais por Jamille Santos
Carregue mais em Fala Sério

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também

Com 16 atrações, Marcha para Jesus acontece no próximo sábado (28)

A 28ª edição da Marcha para Jesus, que acontece no próximo sábado (28), vem com o tema “Se…