O prefeito de Manaus foi às redes sociais nesta segunda-feira (28), pedir a Wilson Lima que se junte a ele e decrete lockdown em Manaus. Citando a Fiocruz, que afirma estarmos na segunda onda de Covid-19, ele ligou a Wilson Lima e sugeriu 15 dias de fechamento completo. “É uma medida desagradável em tempo de eleições, mas eu não estou preocupado com isso. Minha preocupação é salvar vidas”.

Arthur disse que a doença é “maldita” e não escolhe jovens ou velhos. “Eu preciso dele (Wilson Lima) para nós decretarmos o lockdown. Senão a decretação do lockdown será desmoralizada por pessoas sem máscara, por pessoas que vão simplesmente sair na rua. É preciso, então, ter cobertura policial para se chegar a essa medida. Medidas eu tomo todo santo dia”, afirmou Arthur Neto.

Veja o vídeo;