Em seu primeiro vídeo depoimento publicado após restabelecer a voz que ficou prejudicada por conta da Covid-19, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, falou sobre os quase oito anos à frente da gestão do município e fez um balanço dos avanços obtidos nas áreas de Infraestrutura, Educação, Previdência, Saúde e demais setores. “A nossa cidade merece esse respeito. Amar Manaus significa trabalhar por ela, seja onde for”, disse Arthur nesta quarta-feira, 26/8. Dentre as melhorias destacadas por Arthur Virgílio está o equilíbrio fiscal e previdenciário alcançados por Manaus e os investimentos feitos com recursos próprios, para conseguir entregar obras para a Copa do Mundo 2014, tornando a cidade receptiva para o turismo.

O prefeito destacou, ainda, as grandes obras entregues este ano, como os apartamentos populares do residencial Cidadão Manauara 2, o Centro de Cooperação da Cidade (CCC), para monitorar e gerenciar crises, e, em breve, o complexo viário Professora Isabel Victoria, localizado na entrada do conjunto Manoa.  Além disso, Virgílio lembrou a atuação da prefeitura durante o período mais crítico da pandemia do novo coronavírus, quando foi montado o hospital de campanha municipal, em parceria com a iniciativa privada. A estrutura foi instalada, de forma provisória, dentro de uma unidade de ensino prestes a ser inaugurada, para atender pacientes diagnosticados pela Covid-19 e desafogar a rede estadual de saúde. O resultado do trabalho integrado foi o alcance de mais de 600 altas médicas.

E a pouco mais de quatro meses para encerrar seu governo, o prefeito de Manaus disse que ainda terá muitas ações a realizar, mandando um recado ao seu secretariado. “Quem acha que já cumpriu o seu dever como secretário, por conta de faltar apenas alguns meses para o fim da gestão, eu vou agradecer, pois sou eternamente grato pelo trabalho. Não seria nada sem os meus secretários e auxiliares. Porém, eu quero que continuem comigo até o fim, quero secretários de oito anos. Enquanto meu mandato valer, eu vou cumprir com o meu dever até o final”, enfatizou Arthur, concluindo que irá entregar obras até o dia 31 de dezembro deste ano.