Arthur Virgílio Neto entregou mais ruas e rotatórias do Distrito Industrial, que além de oferecerem melhorias para o trânsito, também contribuirão para atrair novos investidores ao Polo Industrial de Manaus (PIM), gerando emprego e renda aos manauaras. “É um gesto de muito respeito pelo tanto que a cidade esperou para ter em boas condições o seu Distrito Industrial”, declarou o chefe do Executivo municipal.

Entre os novos espaços públicos entregues estão as ruas Mogno, Buritis 2, Balata, Ipê e Oitis, além da rotatória da Abiurana, todas integram o lote 3 da revitalização do Distrito. “Na rua Mogno temos mais de 1.500 metros, somando ida e volta, com asfalto de ótima qualidade”, observou Arthur, acompanhado da presidente da Comissão Especial de Paisagismo e Urbanismo, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

As obras de infraestrutura viária do Distrito Industrial contemplam a recuperação de 32 vias e rotatórias que foram ou estão sendo refeitas com pavimento rígido e projetos urbanísticos em vários pontos. “Eu sempre ressalto a parceria importante com a Superintendência da Zona Franca de Manaus, a Suframa, na pessoa do general Algacir Polsin, um homem correto e que cumpre sua palavra. Produzimos muito e agora está feita a revitalização, uma obra feita para durar em importantes vias”, reconheceu Arthur Neto.

As obras do Distrito Industrial estão entre as mais esperadas pela população, devido a importância econômica da área, que é a maior geradora de empregos tanto de forma direta quanto indireta, na cidade. O PIM, o segmento de serviço e a Prefeitura de Manaus são os maiores indutores de emprego e renda da capital e garantiram o crescimento do PIB, que já é o sexto do país. “Sei o quanto representa para o emprego e para a cidade, é o cartão postal que queríamos fazer em homenagem a nossa galinha dos ovos de ouro, que é a Zona Franca de Manaus”, conclui o prefeito Arthur Neto.