32 bares foram fechados no final de semana em Manaus, por funcionamento além do horário permitido, ausência de medidas sanitárias e aglomerações. Ao todo, 16 pessoas foram presas nas ações por crime de desobediência a medidas sanitárias, previsto no Código Penal Brasileiro.

Foram fechados durante a fiscalização bares do Eldorado, no Parque Dez; no Calçadão da Suframa, no bairro Distrito Industrial; Boteco Lobo Solitário, o Jambeiro Bar, Bar da Loba, Boteco do Cavalo, Mangueira’s Bar e o Boteco do Edu, na região do Centro e Educandos; Boteco da Morena, no Jorge Teixeira.

Empório Beer, Amazonas Steakhouse e Motorcycle Pub Garagem também foram notificados por estarem funcionando após o horário estipulado pelo decreto, apresentarem aglomeração de pessoas e não possuírem os documentos obrigatórios.

Casa de prostituição – No domingo (15), no bairro Dom Pedro, 11 pessoas foram detidas em uma festa na Rua Mem de Sá. A residência estava funcionando como uma boate e bar, descumprindo o código sanitário. Um inquérito por prostituição também foi aberto. Os infratores foram conduzidos à Central de Flagrantes da Delegacia Geral.