O metalúrgico Messias Cruz da Silva, 30 anos, morreu no domingo (14), com uma facada no pescoço, desferida supostamente pela esposa. O crime aconteceu na rua Mário Mota, no bairro da Compensa.

A polícia foi acionada após receber a denúncia de que Messias havia sido esfaqueado por Deborah Mesquita, de 33 anos, durante discussão de casal.

A vítima foi encaminhada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, mas não resistiu ao sangramento do corte em uma artéria.

Deborah foi levada para a delegacia, onde aguardará posicionamento da Justiça.