Os 500 beneficiários do residencial Cidadão Manauara 2, etapa A – programa habitacional da Prefeitura de Manaus – iniciaram, nesta semana, a fase de mudança para o conjunto, após terem realizado a assinatura de contrato e recebimento das chaves no final de junho.

Em razão das medidas de distanciamento social em vigor, por causa da pandemia da Covid-19, os beneficiários foram divididos em grupos e têm prazo de até 30 dias para realizar suas mudanças, entre os meses de julho e agosto, para reduzir a aglomeração e possível risco de contágio do vírus. Cada morador tem a data previamente definida.

“O prefeito Arthur Virgílio Neto participa da vida do manauara entregando um empreendimento de altíssima qualidade. Essa é a coroação de um trabalho que demostrou, dentre os oito anos de mandato, que ele é o prefeito da habitação”, destacou o diretor-presidente do Implurb, Claudio Guenka.