O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o uso da cloroquina no tratamento da covid nesta quinta-feira. Durante sua traidcional live, ele repetiu que segue tomando o remédio e que se sente cada vez melhor da covid. Para falar sobre a eficácia não comprovada do remédio da malária contra o coronavírus, ele usou o exemplo de uma guerra, quando soldados injetavam água de coco no lugar de injetar sangue.

“Sabemos que nenhum destes remédios tem comprovação científica. Mas é como na Guerra do Pacífico: o soldado chegava ferido, sangrando, precisando de uma transfusão e não tinha sangue. Começaram a injetar água de coco na veia do soldado que havia perdido muito sangue. E deu certo! Se tivessem esperado comprovação científica, quantos teriam morrido naquela época?”, comparou.