Na manhã desta sexta-feira (21/08), o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) realizou a graduação da 1ª Turma de Oficiais de Saúde Major QOBM Ricardo Cristie Carmo da Rocha, em cerimônia realizada na sede do Comando Geral da corporação, situado na avenida Codajás, bairro Petrópolis, zona sul da capital. Ao todo, foram 21 novos oficiais formados que atuarão em diferentes campos da saúde na capital e no interior.

Iniciado em 2018, o curso pioneiro teve duração de dois anos e contou com a participação de farmacêuticos, dentistas, enfermeiros e médicos. Durante a formação, os novos oficiais passaram por instruções para atuação e gestão no campo da saúde pública e também por treinamentos específicos direcionados aos combatentes de incêndio, como combate a incêndio, salvamento aquático e salvamento em altura.

“Eles, sabendo dessas informações, saberão como, em alguma ocorrência, tratar as vítimas de algum sinistro, e até no lazer deles eles podem atuar. Princípio de incêndio eles vão saber fazer o combate, um salvamento, um resgate, eles vão saber fazer, dentro até das especialidades deles”, explica o comandante-geral do CBMAM, coronel Danízio Valente, que aproveitou para ressaltar o comprometimento dos oficiais em todo o Amazonas.

Para a formanda e 2ª tenente PM, Monique Credie, a cerimônia simbolizou o fim de um ciclo árduo. Bastante emocionada, ela relembra os entraves durante a trajetória na formação, o susto de quase perder o pai na última semana, e ressalta que o sentimento agora é de gratidão.

 

Formandos desta sexta-feira

“Eu me emocionei bastante. [Passa na cabeça] um filme, eu particularmente… Meu pai sofreu um AVC na semana passada, e essa formatura já estava prevista, e eu imaginei que ele não pudesse estar presente, então vendo ele ali na plateia, me aplaudindo e superfeliz por mim, eu só sinto gratidão mesmo, a Deus. Eu não tenho realmente outra palavra para definir esse momento que não seja a palavra gratidão”, diz.