A terça-feira começou complicada em Manaus. Um ônibus que faz parte do sistema de transporte coletivo pegou fogo na na Avenida Atlântica, bairro Raiz, e desfalcou ainda mais o já deficiente serviço prestado em Manaus. Não há informações sobre as causas do sinistro, mas o corpo de bombeiros afirma que não houve vítimas. Aliás houve vítimas sim! As vítimas são as pessoas que todos os dias precisam pegar um ônibus nesta capital. Há muito mais promessas não cumpridas do que veículos nas ruas.

 

COMPROMISSOS

Imagina as pessoas que tinham seus compromissos e estavam nessa sucata? E o susto? E o medo de assalto, de acidente? Não adianta querer colocar WI-FI no ônibus, se os veículos sequer têm condições de trafegar em segurança. É muito lero-lero pra pouco resultado.

 

HOMICÍDIOS EM MANAUS 

O Governo divulgou a quantidade de homicídios por mês em 2020 até o mês de julho. Divulgou para comemorar a redução em relação a 2019. Mas a verdade é que não dá pra comemorar nada. Manaus é uma cidade violenta. Basta ver esses números: Janeiro: 106; Fevereiro: 61; Março: 47; Abril: 35; Maio: 57; Junho: 46; Julho: 53. Além da matemática, basta sair pelas ruas e questionar se a população se sente segura.

FESTINHA CLANDESTINA EM PARINTINS 

O feriado foi marcado por mais uma festa fora de hora cancelada pela polícia. Dessa vez em Parintins, que até dia desses queria realizar Boi. Mais de 70 convidados, incluindo crianças, com direito à bebida alcoólica. Eita povo que não sossega a rabiola em casa. Neste fim de semana a chefe do hospital municipal foi às redes sociais avisar que a unidade está lotada. Quem avisa, amigo é.

SECURA

A Águas de Manaus bate todos os recordes de corte de fornecimento na cidade. Toda semana é uma desculpa diferente. Só o que se sabe é que as torneiras estão sempre secas. E que o serviço nunca melhora. Semana passada a empresa desmentiu até o Procon. Desmente as autoridades, o consumidores, a imprensa e até a ela mesma. é muita cara de pau.

 

NINGUÉM MERECE

A quantidade de acidentes e mortes no trânsito em Manaus no feriado prova que o povo não tá nem aí.

O Detran também flagrou mais de 30 bebuns ao volante.

É a mesma teoria da Covid. As pessoas pensam que são de ferro.

Depois que a tragédia acontece, não adianta chorar.