Os novos dados foram apresentados durante a abertura do Encontro de Avaliação das Ações de Enfrentamento e Resposta à Pandemia de Covid-19 no Estado, evento organizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Durante o encontro, foram reunidos pesquisadores e especialistas de todo o Brasil para discutir medidas de enfrentamento a pandemia.

De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, o estado registra, até o momento, cerca de 128 mil casos confirmados da doença, com 3.898 óbitos.

Números gerais

Segundo a especialista, houve uma queda de 17% no número de casos por data de diagnóstico. Há mudanças também na média móvel de casos, que apresentaram uma redução de 19% no interior e 13% na capital.

As quedas favorecem o Amazonas em comparativo a outros estados. No ranking nacional de mortalidade, o estado caiu para a 5ª colocação. Já nos medidores de incidência, o Amazonas passa a ocupar a 7ª posição. Durante o pico da pandemia o Amazonas chegou a ocupar o 1º lugar dos dois rankings.

Para Rosemary Pinto, as reduções foram possíveis graças ao plano de contingência adotado pelo Governo do Amazonas, que vem surtindo efeitos, principalmente no interior.