A partir do dia 12 de abril, os motoristas devem ficar atentos com as novas alterações do Código Brasileiro de Trânsito, sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro em outubro de 2020. Exames de aptidão física e mental para renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e número de pontos para punição são alguns dos temas que sofrerão mudanças com as novas regras.

Os exames de aptidão física e mental para a renovação da CNH terão validade de dez anos para motoristas de até 49 anos, cinco anos para motoristas com idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 e três anos para condutores com idade igual ou superior a 70 anos. Atualmente, os exames são realizados a cada cinco anos.

Outra mudança é na quantidade de pontos que podem levar à suspensão da carteira. O condutor terá a habilitação suspensa com 20 pontos (se tiver duas ou mais infrações gravíssimas na carteira); 30 pontos (uma infração gravíssima na pontuação); 40 pontos (nenhuma infração gravíssima na pontuação). Na atual legislação, o motorista que atinge 20 pontos durante o período de 12 meses pode ter a carteira suspensa. Além disso, não serão mais permitidos que motoristas condenados por homicídio culposo ou lesão corporal sob efeito de álcool ou outro psicoativo tenham pena de prisão convertida em  alternativas.