Nem o fato de uma inocente criança presenciar um homicídio, impediu um pistoleiro de matar o estudante Gabriel Larroque. A vítima tinha 19 anos e foi executado na frente do filho, uma criança de colo.

À Delegacia Especializada em Homicídio e Sequestros (DEHS), a testemunha ocular do crime informou que Gabriel estava em uma residência da rua na rua das Bacabas, loteamento Buriti que fica no Nova Cidade quando dois homens entraram no imóvel. Ainda de acordo com ela, o estudante estava com filho no colo e implorou para eles não o matarem. Contundo, o homem ordenou que ela segurasse a criança e fez quatro disparos. Gabriel morreu no local.

Conforme apuração da polícia, a vítima da havia sido presa em outra ocasião no bairro da Compensa, com um revólver sem ter o porte de arma de fogo. Não se pode afirma qual o motivo da morte dele, mas a Polícia Civil afirmou que irá investigar o crime.