Representantes das entidades de músicos e trabalhadores da música de Manaus se reuniram, na manhã desta sexta-feira (22), com a Prefeitura de Manaus, que teve como representante o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, para discutirem ações emergenciais de apoio aos trabalhadores da categoria, que estão acometidos pela Covid-19.

O encontro foi promovido pela Comissão Especial Multidisciplinar de Apoio aos Trabalhadores da Cultura e do Turismo, criada e coordenada pela Manauscult e pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura). Ao todo, representantes de seis instituições dos profissionais estiveram presentes.

A Comissão Especial tem como principal objetivo prestar assistência, em caráter emergencial, aos trabalhadores da cultura e do turismo, impactados diretamente pela pandemia. Segundo Alonso Oliveira, este foi o primeiro diálogo com a classe e a conversa deverá ocorrer ainda com outros representantes de diferentes segmentos artístico-culturais.

Neste primeiro encontro, estiveram presentes representantes da Associação dos Músicos do Amazonas, Ordem dos Músicos do Brasil Amazonas (OMB-AM), Sindicato dos Músicos do Amazonas, Projeto Amazônia em Coro, Associação do Backstage Amazonas e Academia Amazonense de Música.

Durante a conversa, os músicos apresentaram propostas emergenciais, que visam atender os profissionais que estão sem poder trabalhar, como distribuição de cesta básica, auxílio com medicamentos e auxílios psicológico e financeiro emergencial. De acordo com o diretor-presidente da Manauscult, todas as demandas serão analisadas.