Em audiência pública virtual na última sexta-feira, 26, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), recomendou que os consumidores que tiverem suspensos o fornecimento da energia elétrica durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) devem acionar a Especializada. De acordo com o delegado Eduardo Paixão, que representou a Decon, os clientes podem procurar a Especializada ou também registrar um Boletim de Ocorrência.

“Os consumidores vítimas dos cortes abusivos de energia durante esse período podem procurar a Especializada. Orientamos também os consumidores a registrarem a ocorrência no site da Polícia Civil: www.delegaciainterativa.am.gov.br. E se possível, registrar com fotos e vídeos da situação e apresenta durante o registro on-line, na Decon ou até mesmo no Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM)”, explicou o delegado.

Paixão afirmou, ainda, que a audiência serviu para alertar vereadores e orgãos públicos sobre a proibição às concessionárias de realizar cortes por atraso no pagamento em residências em Manaus, como determina a Lei Estadual nº 5.143, sancionada em 26 de março de 2020, que permite apenas o combate a ligações irregulares.