Adultos de 20 a 49 anos têm até 31 de outubro para serem vacinados contra o sarampo na rede de saúde do Amazonas. A imunização faz parte da campanha nacional de vacinação que foi prorrogada pelo Ministério da Saúde (MS). Apenas 8,53% do público-alvo foi vacinado no estado.

A diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto, lembrou que o sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus que pode ser fatal. “A única forma de evitar o sarampo é a vacina”.

A transmissão do sarampo ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Os principais sintomas da doença são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.