A contratação do lateral-direito Marcinho pelo Athletico-PR, divulgada ontem pelo clube, não foi bem aceita pelos torcedores do clube e pelas redes sociais. Acusado pela morte de duas pessoas após atropelamento em dezembro do ano passado, o anúncio da chegada no jogador na Arena da Baixada repercutiu negativamente na internet, onde vários internautas repudiaram o novo reforço rubro-negro. A Hashtag #foraMarcinho foi uma das mais comentadas ontem em Curitiba.

 

No dia 30 de dezembro de 2020, o ex-jogador do Botafogo atropelou o casal de professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima na avenida Lúcio Costa, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Marcinho fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. Ele assumiu o crime e foi acusado de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

 

O vínculo de Marcinho com o Furação é até o final da temporada.