Adriano Cruz Martins, 30 anos, morreu na noite desta quarta-feira (21), ao ser baleado com um tiro no rosto. A execução aconteceu na rua czona Norte.

Conforme a 26ª Companhia Interativa Comunitária (CICOM), os vizinhos ouviram três tiros e um seguida uma mulher gritando por socorro. Ao ir verificar encontraram Adriano e acionaram a polícia. Quando os militares chegaram, a vítima já estava morta.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na madrugada desta quinta-feira (22/10), às 02h50, no qual o noticiante comunicou que seu filho, acima mencionado, foi assassinado por disparos de arma de fogo.