Nesses últimos anos o que têm se visto é uma barbárie de casos inacreditáveis. Pai matando filho, filho matando pai. Estupros, assassinatos, falta de amor ao próximo. Fica claro que o fim dos tempos já está próximo – para quem acredita em Deus. Nós seres humanos não merecemos o mundo, nem a dádiva da vida.

 

O AMOR ESFRIOU

O bem mais precioso que o criador nos deu é tratado com descaso, falta de respeito e amor. É triste ver famílias sendo destruídas de tal maneira. Não saber cultivar o amor, a ponto dos filhos não sentirem remoço de machucar os pais.

 

PESTES E ENFERMIDADES

Não há dúvida de que o ser humano não merece tudo o que tem. Em uma das maiores crises sanitárias do planeta, as pessoas continuam se preocupando com o próprio umbigo. O ‘próximo’ é que se lasque. Quem não pegou o vírus não tá nem um pouco preocupada de ser um transmissor.

 

DESASTRES NATURAIS

A cada ano que passa os fenômenos naturais acontecem de forma assoladora, como se quisessem nos mostrar que não somos merecedores e nos fazer sentir na pele toda dor que causamos. Um exemplo é nosso Estado. Doze  municípios do Amazonas decretaram situação de emergência por causa das cheias dos rios que já afetam mais de 100 mil pessoas. Bairros de Manaus também já começaram a inundar.

 

WI-FI NA CADEIA

Ser privado de liberdade tudo bem. Agora ser privado de navegar na internet? Aí, não dá! Esse é o lema dos detentos que cumprem pena na delegacia de Parintins. Tinha celular, a senha do Wi-Fi e até adubo para plantar maconha.

 

Ninguém merece!!!

  • “Pandemia está longe do fim” diz diretor da OMS
  • Dezessete cidades brasileiras estão estado de emergência por desastres naturais
  • O rio Negro já ultrapassou a cota de inundação que é de 27 metros e 50 centímetros
  • Nesse nível, alguns bairros começam a alagar. Por causa disso, a defesa civil municipal começou a construir pontes de madeira para atender as famílias afetadas.