Últimos dias de campanha são aqueles em que cada aperto de mão, cada abraço, cada sorriso e contato com apoiadores importa. É nessa “vibe” que David Almeida e Amazonino tentam convencer o eleitor manauara que é o melhor para os quatro anos. À margem das pesquisas, ninguém ganha e nem perde de véspera, as redes sociais dos candidatos estão cheias de fotos, mensagens e certezas de sucesso. As cartas estão na mesa. mas  o voto é secreto, inviolável e independente. Com quem será, Manaus?

 

DONOS DOS VOTOS? 

Alguns candidatos derrotados declararam apoio e declararam voto no segundo turno. Mas alguém é dono de voto? Não é de hoje que se discute esse tema. Alfredo Nascimento, um dos que ficou neutro, mandou seu eleitor “assumir suas responsabilidades e pensar em quem é melhor para Manaus.” Igrejas, políticos, empresários, familiares, não falta quem queria ser dono de voto. Mas será mesmo que alguém é dono da vida de alguém?

 

DEMOCRACIA 

Conversar com adversários após as eleições é uma prova de civilidade. O que não é normal é estimular as pessoas a jogar o voto fora. Votar em branco e anular voto não é papel de quem defende a democracia. Serão quatro anos de comando para quem for eleito. Se você não vota, não participa, abre mão, diz que tanto faz. Depois não terá o direito de reclamar. Além disso, o voto é seu, a vida é sua, o direito é seu. Não venda, não empreste e não baixe a cabeça.

 

CRÍTICAS DOS AGENTES PÚBLICOS 

As sessões transmitidas pelos deputados estaduais do Amazonas são bem interessantes. Esta semana teve deputada criticando a Prefeitura de Manaus pelo buraco que se abriu na Mário Ypiranga.  Nem parece que essas pessoas não têm cargo público. Talvez por isso a ALE esteja batendo recordes e recordes de sessões canceladas por falta dos deputados.

 

RENOVAÇÃO

Mais do que nomes e projetos, a população mostra que cansou da mesmice. Renovou na Câmara Municipal, muitas prefeituras também foram renovadas e, pelo que se vê desde a eleição de Jair Bolsonaro, a repetição não tem seduzido o eleitor. Não adianta gastar milhões em propaganda, investir em posts no Face e no Insta, muito menos aparecer apenas sorrindo. O voto de convicção está se reproduzindo e muito provavelmente será consolidado em 2022, quando a eleição será para governos, senado e para deputados estaduais e federais.

 

NINGUÉM MERECE

As chuvas estão fedendo e transbordando e as chuvas nem começaram.

O lixo correndo pelas ruas disputando espaço com os carros.

A vida prática cobra do preço dos erros públicos de todos.

Pense bem antes de estragar a cidade.