Suspeito de tentar matar a namorada, o advogado Marcelo Oliveira Gonçalves, de 30 anos, até tentou mentir para a polícia, dizendo que ela teria se agredido, porém, foi desmascarado por peritos criminais, e na manhã desta quinta-feira (8), foi parar atrás das grades.

De acordo com a delegada Débora Mafra, a prisão aconteceu no conjunto Petros, no Novo Aleixo. Ao perceber a chegada da polícia, ele tentou pular o muro da casada da mãe, mas foi capturado na casa do vizinho. A delegada confirmou que Marcelo tentou usar a motivação de ser filho de uma juíza, para intimidar da polícia.

“Sim, ele sempre quer jogar que nós estamos acreditando em mentiras, mas isso não nos intimida, nós faremos o procedimento contra ele, e ele vai responder por mais esse crime, por que nós não somos mentirosos, não temos nada contra ele pessoal.”, relatou Mafra.

A prisão foi autorizada pela Justiça após analise de provas técnicas e depoimento de testemunhas, entre elas, de uma moradora que viu a vítima quase morta nas mãos, e teria impedido o crime.

Agora, Marcelo gastar a valentia dentro da cela de uma das cadeias acolhedoras de Manaus.