A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Idoso (DECCI), sob a coordenação da delegada Andréa Nascimento, titular da Especializada, efetuou, na manhã desta sexta-feira (06/11), por volta das 9h, a prisão em flagrante de uma mulher de 32 anos, por descumprimento de medidas protetivas de urgência. A prisão ocorreu na rua Visconde de Porto Alegre, bairro Praça 14 de Janeiro, zona sul de Manaus.

Conforme a delegada Andréa Nascimento, a vítima, uma idosa de 68 anos, compareceu na unidade policial, na quarta-feira (04/11), por volta das 16h, para informar que ela possuía uma medida protetiva de urgência em desfavor da autora, que é filha dela, na qual a mesma não estaria acatando.

“A ordem judicial foi expedida pelo 3º Juizado Especializado no Combate à Violência Doméstica, a qual discriminava que a autora deveria ter sido afastada do lar de convivência com a vítima, além de manter 300 metros de distância, porém, mesmo após devidamente cientificada, se recusou a sair da residência, descumprindo, assim, a determinação judicial”, explicou a delegada.

De acordo com a titular, no momento da prisão, a autora estava na residência da idosa, não apresentou resistência ao receber a voz de prisão e, posteriormente, foi encaminhada para a DECCI a fim de adotarem os procedimentos cabíveis.

Procedimentos – A mulher foi presa em flagrante por descumprimento de medidas protetivas em favor da mãe dela. Após os procedimentos cabíveis, ela será encaminhada para a Central de Recebimento e Triagem (CRT) e ficará à disposição da Justiça.