Uma pesquisa realizada pela Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), encontrou plantas da região amazônica com potencial citotóxico contra células tumorais de câncer de cólon, gástrico e de fígado.

A pesquisa foi realizada pela estudante do 7º período de Biomedicina da Universidade Nilton Lins, Lethicia do Nascimento Marinho, sob a coordenação da pesquisadora/FCecon e doutoranda em Bioquímica e Biologia Molecular pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Sthéfanny Caroline Mendes Azevedo.

Descobertas da pesquisa

Conforme Sthéfanny Azevedo, o projeto é uma ramificação de seu trabalho de doutorado, que estuda as atividades citotóxicas, antiangiogênicas e antioxidantes de plantas encontradas na Amazônia, que são importantes no tratamento do câncer.

Segundo ela, estão sendo testadas sete espécies de plantas, pertencentes às famílias Clusiaceae, Cannabaceae, Arecaceae, Euphorbiaceae e Urticaceae.

“Até o momento, as análises se mostraram promissoras para uma das espécies, entretanto, ainda temos mais quatro a serem testadas, o que motivou a renovação do projeto por mais um ano – Edição 2020/2021 do Paic. Trata-se de uma pesquisa que direciona o caminho a ser seguido nas próximas etapas do meu projeto de doutorado”, pontua Sthéfanny Azevedo.

Incentivo à ciência

A análise foi feita no âmbito do Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic), coordenado pela Diretoria de Ensino e Pesquisa (DEP/FCecon), e conta com apoio financeiro por meio de bolsas de pesquisa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).