A volta ao normal em Manaus apresentou dois extremos neste fim de semana. A Ponta Negra, os banhos, balneários e flutuantes estavam lotados, com muitas pessoas que não estão nem aí para os alertas das autoridades sanitárias. Em contrapartida, as igrejas reabertas ficaram vazias, pois foram praticamente o único lugar onde se respeitou as regras de distanciamento. Seria a prova do valor que cada um dá à vida?  Tanto quem gosta de sol, gelada e praia, quanto quem prefere a oração, têm a mesma responsabilidade coletiva. Mas pelo visto, só um dos lados sabe respeitar.

ELDORADO LOTADO

Tanto na quarta-feira passada, quanto neste domingo, a Praça de Alimentação do Eldorado ficou superlotada de torcedores sem máscara, mas vestido com a camisa do Flamengo. Quarta-feira que vem tem o último e decisivo FlaxFlu. Será que a fiscalização que fecha as feiras na periferia de Manaus vai passar por lá e mandar fechar todos aqueles bares que desafiam a covid e os ouvidos da vizinhança? Ou o fechamento é seletivo?

ORGULHO DE SER AMAZONENSE?

Mileide Mihale colocou uma graninha no bolso neste fim de semana, em Manaus, e foi embora falando mal da cidade nas redes sociais. Reclamou da superlotação do aeroporto e ainda disse que ia tomar banho de sanitária quando deixasse esta terra. Podia aproveitar e lavar a boca com sabão. Essas pseudo celebridades que vem matar a fome em Manaus e depois saem detonando a cidade pensam que aqui só tem índio e jacaré.

JOSÉ ALDO

José Aldo sentiu o golpe. E não foi só a enxurrada de pancadas que levou do adversário russo. Sentiu o golpe das redes sociais, onde muita gente já percebeu que o auge do amazonense ficou no passado. Disse que vai voltar, mais uma vez, e mais forte. E se voltar e perder de novo, vai tomar mais pancada. Deveria repensar bem sua imagem.

QUANTO É MEIA DÚZIA?

Um protesto pedindo a saída de Wilson Lima e Carlos Almeida do governo ganhou as ruas de Manaus neste fim de semana. Apoiadores dizem que eram apenas meia dúzia, mas a meia dúzia recebeu forte apoio nas redes sociais.

BOIS

Pegou tão mal o anúncio do Festival de Parintins que o Governo se apressou em lançar nota afirmando que não tem nada a ver com a ideia de Garantido e Caprichoso. E também disse que só haverá festa quando houver saúde. Parintins é uma das cidades com mais casos de covid.

 

NINGUÉM MERECE

Capa da edição de hoje do Maskate mostra bem como as pessoas não respeitam Manaus.

35 toneladas de lixo são retiradas todos os dias e a cada dia a poluição só aumenta.

Águas de Manaus promove o castigo do verão ao consumidor. Todo mundo na secura.

Estão de voltas as fiscalizações contra quem faz gato na luz.

Arthur Neto segue sem previsão de alta.