O dono de um bar fingiu não escutar a ordem da Polícia Miliar de para fechar o comércio, e acabou tendo a audição de volta dentro do camburão da polícia. O caso aconteceu na madrugada de sábado, no Conjunto Castanheira, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste de Manaus.

A PM disse que durante ronda no conjunto, quando percebeu um bar ainda em funcionamento, e  foi solicitado o encerramento, porém o proprietário não obedeceu a ordem dos policiais e continuou o funcionamento do seu estabelecimento.

Diante da desobediência foi dada voz de prisão e feita sua condução até a Delegacia Geral, onde foram feitos os procedimentos por descumprimento do decreto .