Uma criança de 5 anos foi encontrada sozinha, vagando pelo ramal do Brasileirinho, após fugir de casa para não ser estuprada pelo próprio pai. O caso aconteceu na noite de quarta-feira (12), or volta das 23h30, no local mencionado, no bairro Puraquequara, zona leste da capital.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), que policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência sobre uma criança de 5 anos, do sexo feminino, que estaria sozinha no ramal do Brasileirinho.

Ao chegarem ao local, os policiais conversaram com a criança, e ela afirmou que um homem tocava em suas partes íntimas.

Segundo a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, a menina está abrigada e irá passar por atendimento psicossocial. Um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para dar andamento às investigações acerca do caso.