O Governo do Amazonas deve publicará, nos próximos dias, o decreto que possibilita ao Estado ampliar o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) em mais de 80%, por meio do novo Quadro de Distribuição de Efetivo (QDE). O quadro viabiliza a realização de concursos públicos e a expansão de postos dos bombeiros no interior do estado. O decreto foi assinado nesta quinta-feira (25), durante solenidade realizada no auditório do Comando Geral do CBMAM, localizado no Comando Geral do CBMAM, localizado no bairro Petrópolis, zona sul de Manaus.

Atualmente, o Corpo de Bombeiros conta com um QDE que distribui um efetivo de 2.429 homens. O novo quadro prevê 4.483 vagas, aumentando a projeção de efetivo da corporação em 84,56%.

Em 2020, 469 bombeiros militares do quadro de saúde no ano passado foram incluídos nos quadros da corporação pelo governador Wilson Lima. Além disso, o governador promoveu mais de 22 bombeiros militares nos meses de fevereiro e março.

Interior – O QDE está ligado à Lei de Organização Básica (LOB) da corporação e projeta a ampliação do efetivo do CBMAM em todas as unidades e setores subordinados. O Quadro de Distribuição de Efetivo permite a abertura de novos postos na capital e a expansão no interior do estado.

Enfrentamento à Covid-19 – No dia 14 de janeiro deste ano, durante o enfrentamento da segunda onda da Covid-19 no Amazonas, os bombeiros militares assumiram a enfermaria do 6º andar do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV). Com 48 dias de atuação, contabilizaram 72 altas de pacientes e nenhum óbito foi registrado.