A equipe de investigação da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva (distante 57 quilômetros em linha reta da capital), sob a coordenação da delegada Sylvia Laureana, titular da unidade policial, prendeu, na manhã de quinta-feira (20), por volta das 9h, Niverson Pinheiro Gusmão, 31, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo homicídio qualificado de Jeferson Rodrigues Nunes, que tinha 32 anos. O crime ocorreu no dia 17 de agosto de 2012, no bairro Monte Castello 2, naquele município.

Conforme a autoridade policial, na ocasião do delito, o infrator efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. Segundo Sylvia, o motivo do crime foi uma briga entre as irmãs dos mesmos, o que ocasionou um conflito entre ambos e, consequentemente, o homicídio de Jeferson.

“Após o crime, Niverson fugiu do município e estava em local incerto, em Manaus. Tomei conhecimento do fato e, inclusive, verifiquei que havia um mandado de prisão em aberto em nome dele, expedido pela Comarca de Rio Preto da Eva, há oito anos. E, na manhã de ontem, a nossa equipe conseguiu monitorar e identificar o indivíduo que estava em um shopping, situado na zona norte da capital, onde efetuamos a prisão dele”, explicou a delegada.

Após ser encaminhado para a 36° DIP, em Rio Preto da Eva, Niverson foi indiciado por homicídio qualificado e ao término dos procedimentos cabíveis, ele irá permanecer custodiado no prédio da unidade policial, à disposição da Justiça.