Os exames práticos de direção da categoria B, retomados no último dia 15 de junho, começaram a utilizar um sistema de telemetria para capturar todas as ações dos alunos e dos examinadores.

A implantação da tecnologia não implicará nenhum acréscimo no valor pago pelos alunos, pelo contrário.

Antes, se a pessoa quisesse fazer a revisão do exame, teria que pagar uma taxa de R$ 9,14, mas agora, graças à tecnologia, todas essas informações já estão disponíveis gratuitamente no Portal de Serviços do Detran-AM.

Como funciona?

O sistema utiliza câmeras, sensores e um software que registra e armazena todas as ações do aluno durante a avaliação.

Além desses equipamentos no veículo, o examinador passa a utilizar um tablet, no qual serão lançados os apontamentos e as penalidades cometidas durante o exame de direção.

A telemetria conta também com sensores na embreagem, setas, freio de mão, cinto de segurança e motor, e um HD para armazenar as informações.