Famílias de pescadores vão receber cestas de alimentos. O objetivo é distribuir aproximadamente 62 mil cestas de alimentos às famílias, que vivem da pesca, em situação de insegurança alimentar agravada pela pandemia do coronavírus. Cada cesta contem 22 quilos de itens não perecíveis, beneficiando famílias de pescadores em todos os 62 municípios amazonenses.

A distribuição das cestas começa na primeira quinzena de abril, segundo informação do titular da Secretaria de Estado da Produção Rural, Leocy Cutrim. “Após o recebimento das cestas em Manaus, já embaladas pela Conab, vamos encaminhar aos municípios, onde, com apoio das entidades de pesca designadas pelo governo federal, serão entregues aos beneficiados”, acrescentou.

A distribuição será coordenada pela Sepror, devendo atender pescadores conforme relação disponibilizada pela Superintendência Federal de Agricultura no Amazonas, de acordo com dados levantados junto às entidades representativas da categoria no estado (colônia, sindicatos, associações e cooperativas), bem como dados extraídos do Sistema Informatizado de Registro Geral da Atividade Pesqueira (SisRGP), e que estejam em situação de insegurança alimentar.