Fernando Diniz é o novo técnico do Santos. Mais de uma semana após a saída de Ariel Holan, o Peixe confirmou oficialmente a chegada do treinador de 47 anos na sexta-feira (7), em anúncio feito nas redes sociais do clube.

Diniz chega com um contrato de um ano, com possibilidade de prorrogação por mais um. Para acertar com o novo treinador, a diretoria precisou aguardar a aprovação do Comitê de Gestão. No início, havia resistência em relação ao treinador, mas nos últimos dias o cenário mudou, também pela questão financeira, já que seu salário é inferior ao de Ariel Holan e menor também em relação ao que ganhava no São Paulo.

O técnico faz sua estreia apenas na próxima terça-feira (11), contra o Boca Juniors, em confronto decisivo para classificação do Peixe na Libertadores. Já neste domingo (9), quem comanda o Santos diante do São Bento, em jogo que vale a permanência na primeira divisão do estadual, é o interino Marcelo Fernandes.

Antes de fechar com o técnico ex-São Paulo, Athletico e Fluminense, o Santos tentou Renato Gaúcho, Lisca Doido e Guto Ferreira, mas as negociações não avançaram com nenhum dos treinadores. Até por conta disso, o Comitê de Gestão pendeu a aceitar o nome de Diniz.