O Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) iniciou, nesta semana, uma série de ações em municípios do interior do Amazonas.

Em Coari, dois postos de gasolina foram notificados – um deles por estar com mais de 200 ml, a cada 20 litros no aferidor, em desfavor do consumidor.

Já em Codajás, foram notificados outros dois postos e uma agência bancária – esta última, por não possuir cartaz informativo do tempo máximo de espera da fila.