Com jeito de revanche, o Flamengo goleou o Independiente Del Valle por 4 a 0, no Maracanã na noite desta quarta (30), chegou a 12 pontos no grupo A e garantiu classificação antecipada para as oitavas de final da Libertadores da América. Autor de dois gols no Maracanã, Bruno Henrique – recuperado da Covid-19 – rasgou elogios aos Garotos do Ninho e também a Lincoln, que, apesar dos 19 anos, já faz parte do elenco principal há três anos e vinha sendo criticado. “Enfrentei barreiras após a lesão no joelho. Voltei e peguei o vírus. Fica triste, é um momento que estamos vivendo no Brasil, expostos a todo momento. Cumprimos o protocolo junto com o Flamengo, que deu todo suporte a nós”,  afirmou o camisa 27 rubro-negro, antes de falar sobre os jovens companheiros:

“Temos que frisar os garotos do Sub-20 que subiram e deram conta do recado. Jogaram muito contra o Palmeiras e hoje mais uma vez, os quatro lá de trás foram muito bem. Lincoln, um cara que nem sempre joga. Fica no banco, trabalha direitinho, não reclama. Jogou para caralho”,  completou o atacante.

Ao marcar o quarto gol do Flamengo, Bruno Henrique comemorou, junto com outros rubro-negros, com o tradicional “vapo”. O gesto eternizado por Gerson em 2019 foi feito pelo time do Independiente Del Valle há duas semanas, na goleada por 5 a 0 em Quito. O atacante falou sobre sobre a provocação rival. “Futebol é isso. Tem que levar na esportiva. Eles comemoraram assim, e eu falei com o Gerson que ia comemorar assim com ele. Assim que é o futebol.”