Henrique da Silva Paular, 22, foi preso após tentar matar a pauladas o flanelinha Edmar Ramos de Araújo, 30, após este último, ofender a falecida esposa dele, identificada como Mayane Marques,  de 35 anos, e que foi morta a tiros no dia 16 de setembro deste ano na Rua Lobo D´Almada, Centro de Manaus. Na ocasião, a vítima estava grávida de seis meses.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO) registrado no 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Henrique da Silva Paular, 22, foi detido por policiais militares no início da tarde desta quinta-feira (1°/10), após ele ter agredido fisicamente e efetuado várias pauladas em Edmar. As agressões aconteceram por volta das 9h, na mesma rua onde o homicídio de Márcia ocorreu.

Ainda conforme o BO, as equipes da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionadas para atender a ocorrência. A vítima foi socorrida e levada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro São Raimundo, zona oeste de Manaus, onde está recebendo atendimentos médicos.

Já Henrique foi localizado e levado para o 1° DIP onde assinará um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por lesão corporal e será liberada para responder em liberdade.

 

O HOMICÍDIO

Uma gestante de seis meses, identificada como Márcia Mayane Marques de 35 anos, foi morta na noite de hoje (16), a tiros na Rua Lobo D´Almada, Centro de Manaus. Conforme relatos da polícia, o assassino estava em um carro modelo Celta, cor Preto e ao avistar a mulher desferiu vários tiros contra ela, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ainda de acordo com a PM, o crime pode ter relação com o tráfico de drogas, mas somente, as investigações podem comprovar o fato.