Um funcionário terceirizado foi preso na noite de quinta-feira (25), suspeito de desviar 30 toneladas asfalto da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). A prisão ocorreu após um levantamento realizado pela equipe de Inteligência da Casa Militar para que o esquema ilegal fosse desarticulado.

“Recebemos uma denúncia anônima de que estava ocorrendo desvio de asfalto da Seminf e a equipe de Inteligência da Casa Militar prontamente começou o levantamento e chegamos ao funcionário terceirizado, que estava realizando o desvio. Encaminhamos o caso à Polícia Civil, que irá realizar a investigação para que seja possível desarticular todo o esquema ilegal”, informou o secretário da Casa Militar, tenente William Dias.

O funcionário foi encaminhado ao 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na zona Oeste, para os procedimentos cabíveis, e também para que a investigação descubra se mais funcionários estão envolvidos no desvio.