O governador Wilson Lima convocou a imprensa para uma coletiva nesta terça-feira, onde vai anunciar datas e formas para o retorno das aulas presenciais em Manaus.  Nos últimos dias, pesquisa da própria Seduc mostrou que a maioria dos pais é contra a volta total das aulas presenciais. E mais: os professores afirmam que farão greve se o retorno for confimardo. Ou seja, vem mais tretar por aí.

A opção “Completamente presencial” foi votada por apenas 17,75%, de acordo com a Seduc. “A pesquisa mostrou que 82% dos pais e responsáveis são a favor do retorno híbrido, sendo 43,90% na forma “Híbrida, em dois grupos”, que consiste em metade de cada turma assistir a aulas em dias alternados e, nos dias em que não tiverem que ir às escolas, assistir aos conteúdos do “Aula em Casa”,

GREVE

No dia 17 os professores anunciaram que qualquer retorno presencial seria respondido com uma greve. “Se os governantes não chamarem os professores através do sindicato para falarem das suas angústias, seus medos, nós poderemos deflagrar uma greve. Vamos avisar aos governantes que estamos decididos a não retornar para a sala de aula porque consideramos arriscado esse retorno e dizemos embasados em pesquisas científicas”, afirma Helma Sampaio, coordenadora-geral da Asprom Sindical.