“O Estado do Amazonas está tomando algumas decisões. Já entramos com uma ação na Justiça para que a empresa atenda os nossos irmãos acometidos da Covid-19. Vamos ampliar medidas de restrições. São medidas necessárias que podem parecer duras para alguns mas são necessárias visando a proteção da vida, suspendendo o transporte coletivo de passageiros, exceto transporte de cargas, toque de recolher entre 19h e 6h da manhã, exceto atividades e transporte de itens essenciais à vida. O funcionamento das farmácias ocorrerá por delivery”, decretou o governador Wilson Lima.

O decreto foi revelado nesta quinta-feira (14), após diversas notícias da situação crítica se espalharem em grupos de mensagens. O governador Wilson Lima (PSC), e demais representantes do Comitê de Resposta Rápida – Enfrentamento Covid-19, composto pelos Governos do Estado, Federal e Municipal, fizeram pronunciamentos sobre ações frente ao recrudescimento da pandemia do novo coronavírus no Amazonas.